16 março 2015

O Começo do Recomeço

Eu sempre amei escrever,desde os meus onze anos eu escrevia, meu diário era lotado e em nenhum dia eu deixava de escrever sobre minha vida, mesmo que não fosse a mais incrível possível, eu escrevia e amava a sensação de desabafar com o papel. Quanto mais eu escrevia, mais eu queria escrever.
Sempre tive essa paixão, juntamente pela minha adoração por moda; sempre amei criar, afinal minha imaginação definitivamente era muito fértil, conseguia imaginar tudo e em todas as situações.

Decidi fazer faculdade de moda,e acabei deixando um pouco de lado a minha paixão pela escrita, fiz um curso de jornalismo de moda, porém não era o suficiente para expor todas as minhas ideias, pois quero escrever sobre situações diárias, momentos que uma pessoa normal vive e pensamentos turbulentos sejam meus ou inspirado em alguém.
Adoro observar, sentar em um restaurante ou em um parque, ou até mesmo na rua ou no ônibus, pode render uma boa história, afinal todos nós temos uma tese, uma redação, um livro, um vida...





Tenho comprado vários livros e li diversos blogs tentando descobrir o que me privava de escrever, pois quando eu dava um passo e pegava caneta ou simplesmente começava a digitar, algo me movia para trás e não conseguia expor minhas palavras.
Por que isso acontecia? Por que é difícil começar?
Isso não é apenas relacionado à escrita, decidir às vezes é uma tarefa não tão simples, é necessário não apenas o desejo de dar início estar afiada, mas também a atitude.
Quantas vezes ouvi e falei: Eu vou fazer isso... Começar a fazer aquilo.. E o isso e o aquilo nunca vinham?! Decisões exigem atitude, não precisamos de uma mente ativa enquanto o seu corpo não reage, nosso emocional e físico precisam estar conectados e na maior sintonia.

Não criei o blog para tentar ser popular e muito menos para expor minhas fotos lá e cá, afinal já tenho 26 anos(a velha, rs), não estou na vibe de look do dia e nem nada disso, minha intenção é escrever, e muito!
Quero expor tudo o que está em minha cabeça, sem vergonha, medo ou rejeição, quero me libertar de meus pensamentos e opiniões, talvez não agrade a todos, mas prometo não me privar de nenhum pensamento por causa disso. Então, estou começando o recomeço do meu Diário Sem Roteiros.

Sejam todos bem Vindos!


Postar um comentário
© Carol Sem Roteiros - 2014. Todos os direitos reservados.
Criado por: Leonardo Nery e Caroline Moreira.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo