13 maio 2014

Maquiagem: Você mostra ou esconde a sua imperfeição?

A campanha de maquiagem, principalmente maquiagem corretiva, da empresa americana Dermablend me chamou a atenção.  A propaganda mostra como a maquiagem pode mudar uma pessoa, principalmente esconder imperfeições e deficiências.
A produção selecionou 3 pessoas com marcas no rosto: tatuagem, espinhas e queimaduras. O antes e depois da maquiagem mostrou uma diferença surpreendente. 

 

Você prefere se mostrar de cara limpa mesmo com suas imperfeições ou esconder através da maquiagem?
O preconceito é enorme, sempre reparo ao meu redor pessoas falando mal umas das outras, julgar o defeito do outro é muito fácil, e com isso as pessoas estão deixando de se sentirem bonitas como realmente são, e fazem de tudo para buscar a perfeição ilusória.

Eu, particularmente, sofri julgamentos devido ao meu peso, sou gordinha desde criança e sempre fui a "Gordinha", e isso com o tempo foi mexendo com o meu psicológico e em um momento da minha vida não quis mais ser a fofinha, eu queria ser perfeita.
Só que essa "perfeição" me trouxe inúmeros problemas: fiz dietas radicais que deixavam dia pós dia mais fraca; fiquei magra, porém com problemas de estômago e intestino, além de causar dores de cabeça diárias em meus pais que me ajudaram a recuperar minha saúde, afinal em uma etapa da minha vida eu não conseguia comer mais nada, só bebia água e mal levantava da cama.

E hoje eu posso responder sem nenhuma dúvida que tive essa experiência devido a más línguas que me chamavam de GORDA, aliás ninguém quer ser a gorda da escola, nem o narigudo, nem o estranho, nem a cabelo macarrão, e etc... A questão é: o preconceito influencia extremamente na vida de um jovem, quem nunca deixou de sair porque nenhuma roupa ficou boa ou porque estava insatisfeito(a) consigo mesmo?
Fiquei loura, virei modelo e muitos homens correram atrás de mim, mas de fato nenhum amor verdadeiro, só queriam aquela menina que se apelidava de Barbie e não a Caroline. Eu por mais bonita e desejada que eu estivesse, eu estava vazia e sozinha, afinal aquela não era eu.


Observo através de meu irmão e meus primos que o bullying está cada vez mais aumentando, e até hoje não consigo entender qual é o prazer de uma pessoa falar mal de outra, mesmo porque ninguém é perfeito e todos ficaram idosos e o que restará: a Beleza ou o Caráter?
Por isso, devemos pensar mil vezes antes de apontar os defeitos dos outros.

Já fui Barbie, modelo, linda e magra; porém o homem com quem vou casar me encontrou gordinha e morena, e me amou desde a primeira vez do jeito que sou; ele me encontrou na época que eu estava feliz comigo mesma me aceitando exatamente como sou, sem esconder nem maquiar nada.


Achei a atitude da campanha muito construtiva e me fez refletir sobre "Quem somos de verdade", vale a pena esconder quem você é?
Eu sou louca por maquiagens, mas não para esconder meu rosto e sim para realçar, além de tudo acho a maquiagem uma forma de arte, sempre usei, e como disse a vocês minha imperfeição é outra, gordinha! rs

E você? Qual o seu defeito? 
O que mais te incomoda em seu corpo?
Você mostra ou esconde a sua imperfeição?

Reflita!
Caroline Moreira


Postar um comentário
© Carol Sem Roteiros - 2014. Todos os direitos reservados.
Criado por: Leonardo Nery e Caroline Moreira.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo